História do Desenvolvedor de Software

Ultimamente tenho lido muito e frequentado alguns ótimos eventos de Agilidade, como o TDC2010 e o Encontro Ágil 2010 no último sábado.

Mas hoje, lendo sobre Agile Modeling, no livro Agile Modeling: Effective Practices de Scott Ambler, logo na introdução, páginas 4 e 5, me saltou aos olhos algo que já pensava e sentia e que caiu como uma luva sobre o meu atual momento de vida (casado, com quase 30 anos) e da carreira (5 anos de IBM completados na semana). Então resolvi traduzí-lo (adaptando um pouquinho) e compartilha-lo aqui, servindo também como uma forma de reativar (maaaaais uma vez) esse blog. Aí vai…

Quando os desenvolvedores de software são jovens, adolescentes ou na faixa dos vinte anos, eles geralmente se concentram em aprender e trabalhar com a tecnologia. Eles descrevem a si mesmos como programadores Perl, especialistas em Linux, programadores Enterprise JavaBeans (EJB)  ou desenvolvedores .NET. Para eles, a tecnologia é a coisa mais importante. Como a tecnologia está em constante mutação, os profissionais mais jovens têm uma tendência para apenas aprender um pouco de tecnologia, aplicá-la em um ou dois projetos, e depois começar tudo de novo aprender uma nova tecnologia ou a mais recente encarnação do que eles trabalharam anteriormente. O problema é que eles continuam aprendendo apenas sabores diferentes permanecendo sempre no mesmo nível básico todas as vezes.

Felizmente, muitos ficam conscientes disso depois de várias tecnologias – uma vez que você tenha escrito um código para controle de transações em COBOL, Java e C #, você começa a perceber que os fundamentos não mudam. O mesmo é verdadeiro para acessar banco de dados em vários ambientes, design de interface do usuário, e assim por diante. Em pouco tempo, os desenvolvedores começam a perceber que muitos dos fundamentos, que podem ou não terem sidos ensinados na escola, permanecem os mesmos, independentemente da tecnologia. Essa percepção geralmente vem quando os desenvolvedores atingem seus vinte e tantos anos ou trinta e poucos anos, normalmente é o período que as pessoas começam a se estabelecer, casar e comprar uma casa. Esta é fortuito porque estas novas demandas significam que os desenvolvedores já não conseguem investir grandes quantidades de tempo para aprender novas tecnologias, em vez disso, eles querem passar esse tempo com suas famílias. De repente, funções de maior responsabilidade como líder de projeto, gerente de projeto, e modelador se tornar atraente para eles, porque essas funções não exigem esforço constante e intensivo necessário para aprender novas tecnologias. Então, no momento em que os programadores começam a realmente aprender seu ofícioinicia-se um processo de transição para outros papéis além do de desenvolvedor. Felizmente, os novos “jovens punks” chegam e o ciclo se repete. O resultado final é que a maioria das pessoas ativas no desenvolvimento de software geralmente não são os mais qualificados para fazê-lo, e eles não sabem fazem a menos idéia.

Mais informações no http://www.agilemodeling.com/

Anúncios

2 comentários sobre “História do Desenvolvedor de Software

  1. Isso so acontece se os desafios sao pequenos. Se os desafios tecnicos sao pequenos, para realmente se divertir temos que aptender outras liguagens, ou entao temos q assumir desafios nao tecnicos como liderar diversos tecnicos juiniores. Mas se. O desafio eh realmente complexo, essa nao eh a percepcao
    Nao descordo que o seu relato nao ocorra, na verdade ocorre sim e na grande maioria das vezes. Mas isso eh porque os desafios tecnicos em geral sao simples e com pouca engenharia. Solucoes tecnicas realmente complexas depende de desevolvedores extremamente seniors.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s